Elias maluco comete suicídio na prisão e deixa carta para a família

O traficante Elias maluco foi condenado a 28 anos pela morte do jornalista tim Lopes


O traficante Elias maluco, de 54 anos, foi encontrado  morto  em uma cela da Penitenciária Federal de Catanduvas, na região oeste do Paraná, onde cumpria penas há 12 anos pela morte do jornalista  tim Lopes.
Elias maluco (Foto: reprodução)

O traficante Elias maluco, de 54 anos, foi encontrado morto em uma cela da Penitenciária Federal de Catanduvas, na região oeste do Paraná, onde cumpria penas há 12 anos pela morte do jornalista tim Lopes.

A certidão de óbito do traficante aponta que ele morreu por decorrência de asfixia mecânica. Já o delegado Daniel Martarelli da Costa, da PF, responsável pela investigação, classificou o caso como “suicídio clássico”.

Na cela do traficante, a polícia encontrou cartas dele para a família falando sobre a decisão que tomou.

“Nas cartas, ele não relatou o motivo do ato. Diz, basicamente, que não tinha mais vontade de viver e pediu perdão à família, dizendo que não era um ato de covardia, mas, sim, de coragem, que ele se sentia pronto para aquilo. Ele não relatou nada sobre ameaça ou motivação”, disse o delegado.

Elias Maluco ganhou fama com o caso do jornalista Tim Lopes, que apurava, em junho de 2002, uma reportagem sobre abusos se**** de menores de idade e tráfico de drogas nos bailes funk da Vila Cruzeiro, na Penha, zona norte do Rio. Ele foi sequestrado pela facção comandada por Elias, torturado e morto.

Após a morte de Tim Lopes, Elias foi condenado a 28 anos e 6 meses de prisão por ser mandante do crime.

Você pode gostar...