Vitória da conquista (BA): um ano do assassinato de Raíssa Alves, um ano de impunidade e injustiça

A jovem Raíssa Alves foi morta atropelada em setembro de 2019 por um motorista alcoolizado em uma das avenidas mais movimentadas de Vitória da conquista (BA)


A jovem Raíssa Alves, 18 anos, foi morta no dia 07 de setembro de 2019 na avenida Olivia flores em Vitória da conquista (BA), por Fernando Otavio Lemos Cardoso, na época com 20 anos.
Raíssa Alves (Foto: reprodução | arquivos pessoal)

A jovem Raíssa Alves, 18 anos, foi morta no dia 07 de setembro de 2019 na avenida Olivia flores em Vitória da conquista (BA), por Fernando Otavio Lemos Cardoso, na época com 20 anos.

Fernando assumiu a direção de um veículo após o consumo de álcool e ao passar pela avenida Olivia flores em alta velocidade perdeu o controle do veículo que capotou e atingiu Raissa que andava na calçada e morreu na hora.

A jovem Raíssa Alves, 18 anos, foi morta no dia 07 de setembro de 2019 na avenida Olivia flores em Vitória da conquista (BA), por Fernando Otavio Lemos Cardoso, na época com 20 anos.
Raíssa Alves (Foto: reprodução | arquivos pessoal)

Logo após cometer o crime, Fernando tentou fugir do local, mas foi detido por populares. A polícia foi acionada e constatou que ele estava embriagado. Ele foi levado para o hospital e preso logo após receber alta médica, porém ficou na cadeia por menos de um mês.

Um ano se passou e mesmo diante de todo o flagrante, o crime continua impune.

Antes é depois da morte de Raissa, outras pessoas foram mortas em Vitória da conquista por motoristas bêbados, e em grande parte foram libertados sem a devida punição, fato que demostra a fraqueza e a ineficácia da justiça. Agora resta as famílias a dor da perdas de seus entes queridos alavancada pela injustiça.

Você pode gostar...