Conquista: Bairro candeias lidera o número de infectados com coronavírus, veja os outros…



Veja os números de infectados com coronavírus por bairro

2.111 pessoas diagnosticadas com Covid-19 em Conquista, desde o dia 31 de março, quando foi confirmado o primeiro caso, até a última sexta-feira, 24 de julho. A Vigilância Epidemiológica divulgou o perfil semanal dos pacientes que testaram positivo para a doença, incluindo 587 casos confirmados nesta última semana.

De acordo com o perfil, 1.173 casos confirmados são de pessoas do sexo feminino e 938 do sexo masculino. O número de trabalhadores da saúde diagnosticados com a doença chegou a 332, com 62 novos casos registrados nos últimos sete dias.

A maior incidência de casos confirmados é de pacientes entre 20 e 39 anos, correspondendo a 866 casos confirmados e outras 770 pessoas com idade entre 40 e 59 anos. Também foram registrados 274 casos de pessoas com mais de 60 anos, 138 de pacientes que possuem entre 6 e 19 anos e outros 63 casos de crianças entre 0 e 5 anos.

Os pacientes relataram possuir uma ou mais comorbidades (quando há duas ou mais doenças preexistentes) e fatores de risco para Covid-19: Hipertensão (250), Diabetes e Hipertensão (45), Diabetes (115), Obesidade (99), Doença Hepática (13), Doença Pulmonar (77), Doença Neurológica (13), Neoplasia (13), Doença Reumática (6) e Doença Renal (12).

Grande parte dos pacientes infectados (1.959) teve manifestação de sintomas leves de Síndrome Gripal e 152 apresentaram Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), sendo hospitalizados para realizar tratamento. Em relação à evolução do estado de saúde desses pacientes, 1.566 já estão recuperados e 503 ainda apresentam sintomas, com possibilidade de transmissão, e seguem em recuperação (29 internados e 474 em tratamento domiciliar).

17 pessoas faleceram ao longo da última semana, totalizando 42 óbitos registrados por Covid-19 de moradores de Vitória da Conquista – 27 deles do sexo masculino e 15 do sexo feminino. 30 deles tinham mais de 60 anos, oito com idade entre 40 e 59 anos, três entre 20 e 39 anos e um recém-nascido prematuro.

Desses pacientes que vieram a óbito, 34 possuíam doenças preexistentes e fatores de risco como: Doença Cardíaca/Hipertensão (21), Diabetes (18), Obesidade (6), Doença Hepática (1), Doença Pulmonar (2), Doença Neurológica (3), Doença Renal (1), Gestação de alto risco (1), Prematuridade extrema (1), Tabagismo (1), Hipotireoidismo (1) e Mieloma (1). Oito pacientes não possuíam nenhum tipo de comorbidade.


Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *