Cobra naja que pico estudante no DF e encontrada próximo a Shopping, vítima está em estado grave


Estudante de 22 anos fica em estado grave de saúde após ser picado por Naja de estimação

A naja de estimação que pico o estudante Pedro Henrique Santos de 22 anos na noite de quarta-feira (08) foi encontrada pela Polícia Ambiental do Distrito Federal perto de um shopping de Brasília no setor de clubes esportivos sul.

A cobra que foi traficada da África e é considerada a espécie mais venenosa do mundo era criada pelo jovem a mais de dois anos. Ela foi levada para o Batalhão Ambiental da Polícia do DF e deverá ser encaminhada aos cuidados do Ibama.

Pedro Henrique permanece internado em estado grave no Hospital do Gama.

Segundo a polícia, a demora para encontrar a serpente se deu porque o amigo da vítima que tentou esconder a cobra deu várias pistas falsas.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *