Bahia: casal de lésbica acusa restaurante de homofobia após ser repreendidas porque estavam trocando carícias e beijos

Casal de lésbica acusa restaurante em salvador (BA) de homofobia

Gabriella Santana Garrido e Maiana Mendes (Foto: Divulgação)

Gabriella Santana Garrido e Maiana Mendes, ambas de 30 anos, acusaram um restaurante em salvador (BA) de homofobia depois de serem repreendido pelo dono porque trocaram beijos e carícias dentro do estabelecimento.

O fato ocorreu na última sexta-feira (15-11-2019). o ocorrido foi detalhado pelo casal ao portal G1.

“A gente estava no Barravento, eu fui com minha namorada, consumir no local e ver o pôr do sol. Depois de comer dois pratos, fomos para uma mesa mais próxima da faixada, fizemos algumas fotos e lembro de ter feito uma carinho no cabelo dela [Maiana] e também dei um beijo próximo do cabelo dela, que retribui com um selinho”, contou Gabriella.

“Logo em seguida, ele me abordou e pediu para que a gente contivesse o nossos contatos e diminuísse nossas caricias. Eu me levantei, perguntei se ele estava fazendo um ato homofóbico e pedi para falar com o superior dele e aí ele falou que não tinha ninguém que respondesse por ele no local, porque ele era o gerente da casa”, completou.

Logo em seguida o casal se dirigiu até uma delegacia e prestou uma queixa contra o restaurante. Fonte: G1

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *