Tufão Lekima mata 32 e deixa várias pessoas desabrigadas na China

Lekima fez landfall na madrugada de sábado na província oriental de Zhejiang, derrubando linhas de energia e deixando cerca de 2,7 milhões de residências sem eletricidade.

Dezenas de milhares de pessoas ficaram desabrigadas e pelo menos 32 estão mortas depois que o tufão Lekima destruiu o leste da China.

Os trabalhadores de resgate foram forçados a improvisar para salvar famílias isoladas, já que ventos de até 116 quilômetros por hora destruíram mais de 34 mil casas.

Uma equipe amarrou cordas de árvores para chegar a um grupo de jovens presos em sua casa inundada.

Em outros lugares, seis pessoas foram transportadas para a segurança no balde de um escavador.

A maioria das mortes ocorreu a 90 milhas ao norte da cidade de Wenzhou, quando mais de quinze centímetros de chuva em três horas causaram o colapso de uma represa natural e provocaram um deslizamento de terra.

Lekima fez landfall na madrugada de sábado na província oriental de Zhejiang, derrubando linhas de energia e deixando cerca de 2,7 milhões de residências sem eletricidade. Árvores foram arrancadas do chão e dezenas de milhares de hectares de plantações foram arruinadas.

Mais de 3.000 vôos foram cancelados e as operações ferroviárias foram suspensas, com perdas econômicas próximas de £ 2 bilhões.

Mais de 180 equipes de resgate, 36.000 bombeiros e 8.400 carros de bombeiros estavam de prontidão antes de serem atingidos.

As evacuações em massa em Gran Canaria como incêndio nas montanhas iniciado por um soldador ameaçam aldeias e espirais fora de controlo esta manhã. Centenas de pessoas foram evacuadas das suas casas depois de um enorme incêndio que começou na ilha de Gran Canaria. controle ontem e surgiu novamente esta manhã. Apenas uma hora atrás, as autoridades confirmaram que mais tropas estavam sendo chamadas para combater o incêndio que afeta 900 hectares na cúpula

Mais tarde, o tufão – nono ano da China – foi rebaixado para uma tempestade tropical, na direção de Xangai, que abriga mais de 26 

milhões de pessoas.

Mas o Disney Resort da cidade foi fechado junto com áreas turísticas ribeirinhas no distrito de Bund, em meio a temores de inundações perigosas.

Lekima veio depois que a vizinha Taiwan foi atingida por um terremoto de magnitude 6,0.

Especialistas disseram que o risco de deslizamentos de terra provocados pelo tremor foi aumentado pelo tufão que despeja chuvas torrenciais nas montanhas do norte de Taiwan.

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *