Mãe tenta vender filha por 2 mil reais em SP



Após o parto a mãe teria se identificado com o nome de outra mulher

Imagem: Reprodução / G1

O fato triste aconteceu no último sábado (13), no hospital Silveiro fontes, em santos, litoral de são Paulo.

A mulher de 40 anos de idade, deu entrada no hospital durante a madrugada, já em trabalho de parto, ela está acompanhada por uma outra mulher que dizia ser a irmã dela.

Após o parto, a mulher teria se identificado com o nome de uma outra pessoa, que seria o nome da mulher a quem ela estava vendendo a criança.

A “irmã” permaneceu todo o tempo o tempo na sala de recuperação ao lado da mãe, mas funcionários do hospital pediram para ela se retirar da sala para conversar com a mãe. Muito nervosa ela acabou confessando que havia vendido a filha por 2 mil reais.

De acordo com o secretário de saúde de santos, a mulher além de ser usuária de drogas também é portadora de sífilis.

A mulher também passou por profissionais psiquiatra que que emitiram um laudo apontando abstinência nesse período.

Imagem: Reprodução / G1

A mulher que iria compra a criança fugiu do hospital logo após ser pedida para se retirar da sala.

A criança que nasceu prematura permanece internada na UTI do hospital.



Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *