Conquista: ginecologista acusado de assédiar pacientes é defendido por advogado em rede social

Ginecologista de Vitória da conquista BA é acusado de assédiar pacientes

O médico especializado em ginecologia e obstetrícia, Orcione Júnior, que atende em Vitória da Conquista, está sendo acusado de assédio por 24 mulheres. De acordo com as denunciantes os abusos ocorriam em  consultas realizadas na rede pública e privada de saúde da terceira maior cidade do estado, com 338 mil habitantes.

As denúncias vieram à tona através de um perfil do Instagram denominado @diganaovca. Até a publicação desta postagem o perfil contabilizava 5.972 seguidores. O advogado de defesa do Dr. Orcione Júnior, Paulo de Tarso, luta na Justiça para retirar do ar o perfil acusatório.  “Já tentamos fazer isso de forma administrativa, por meio do próprio Instagram, mas não conseguimos, então decidimos ingressar com um pedido de liminar (decisão temporária) na Justiça contra o Facebook para que ele possa ser retirado do ar imediatamente. O que está ocorrendo é um linchamento virtual”, disse o advogado.

Em seu perfil no Instagram, Dr. Orcione postou um card afirmando que querem “denegir” sua imagem e que já está tomando as medidas judiciais.

Paulo de Tarso disse que havia identificado a autoria da mulher que criou o perfil e fez o relato. Contudo, a pessoa indicada conversou com o CORREIO* e disse que nunca foi atendida pelo médico e que apenas compartilhou a informação recebida sobre a denúncia. “Eu nem conheço a autora da denúncia, só achei o caso absurdo”, disse.

Questionado pelo CORREIO* se há alguma investigação contra o médico Orciole Júnior, o Conselho Regional de Medicina da Bahia (Cremeb) informou que “não pode compartilhar informações sobre denúncias e processos que tramitam no Tribunal de Ética Médica, pois estes conteúdos estão sob sigilo processual”.

A Associação de Obstetrícia e Ginecologia da Bahia (Sogiba) e o Ministério Público da Bahia (MP-BA) informaram que ainda não receberam informações sobre o caso e que, por isso, não tinham o que comentar. Segundo o advogado Paulo de Tarso, o médico Orcione Júnior prefere não dar entrevista sobre o caso. Fonte: Correio

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *