Menina de 9 anos fica grávida depois de ter sido estuprada 10 vezes por dia pelo padrasto

A criança no Peru está grávida de cinco meses – portanto é muito tarde para ela fazer um aborto

Uma menina de nove anos que foi supostamente estuprada até 10 vezes por dia pelo seu padrasto está grávida de cinco meses , foi revelada.

Sua mãe descobriu a gravidez – e o crime – quando percebeu que sua filha estava desenvolvendo um grande inchaço no estômago.

A mãe, que a optou por não nomear, levou a filha para um centro médico particular, onde um ultrassom revelou que ela estava grávida de cinco meses.

Ela então descobriu que sua filha tinha sido estuprada, supostamente por seu padrasto de 30 anos de idade.

De acordo com a menina, ela foi abusada em casa quando outros membros da família estavam fora 10 vezes por dia. Seu paradeiro permanece desconhecido.

A família solicitou que o peso total da lei seja trazido contra o padrasto, e solicite ajuda financeira para o apoio legal e psicológico que eles precisarão nos próximos meses.

Espera-se que a menina leve o bebê a termo, já que é tarde demais para fazer um aborto.

Não se sabe como o bebê será cuidado quando chegar.

A ministra da Mulher do Peru, Ana Maria Choquehuanca, disse que as diretrizes estão em vigor para dar aos infratores menores sentenças máximas.

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *