Caso Vitória: DNA de suspeito é encontrado nas unhas da menina morta



Exame de DNA comprovou que Júlio César Lima Erguesse esteve com Vitória Gabrielly, encontrada morta oito dias após desaparecer, em Araçariguama (SP)

Caso Vitória: DNA de suspeito é encontrado nas unhas da menina mortaO resultado do DNA feito a partir do material genético colhido embaixo das unhas de Vitória Gabrielly Vitória deu positivo para o DNA do servente de pedreiro Júlio César Lima Ergesse. A informação foi confirmada à TV TEM na noite desta sexta-feira (29).

Com isso, a PC consegue provar que o rapaz esteve com a menina, conforme ele já havia confessado durante depoimentos à investigação.

Júlio César chegou a dar seis versões sobre o desaparecimento da garota, em Araçariguama (SP). Ela foi encontrada morta oito dias depois de ter saído de casa para andar de patins.

Entretanto, de acordo com a polícia, o servente dizia apenas que esteve dentro de um carro com Vitória, e que um casal teria seguido com ela para um local desconhecido por ele. Júlio César está preso desde o dia 15 de junho e, nesta quinta-feira (28), foi indiciado por homicídio doloso pela Polícia Civil.

Um lado do Instituto Médico Legal (IML) de Sorocaba já havia confirmado que Vitória Gabrielly tentou se defender antes de “morte violenta”.

Fonte: G1



Você pode gostar...

1 Resultado

  1. ana paula disse:

    eu nao gostei disso que fez com a vitoria gabrielly

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *