Garota de 19 anos foi estuprada e mantida em cárcere privado por traficante que ela conheceu pela internet.



 O que parecia ser o início de uma história de amor, se tornou um pesadelo.

Garota de 19 anos foi estuprada e mantida em cárcere privado por traficante que ela conheceu pela internet.Uma garota de 19 anos de idade, foi estuprada e mantida em cárcere privado, por 19 horas em uma residência no bairro jardim panorama, na cidade de várzea grande, mato grosso; O crime ocorreu entre os dias 23 e 24 de novembro de 2017.

Tudo teria dado início, após a garoto ter conhecido o acusado de 25 anos pelo aplicativo facebook.

Depois de muitas trocas de mensagem, os dois decidiram se conhecer pessoalmente,



o rapaz então convidou a garota para conhecer a casa dele, e se propôs ir até a residência da jovem busca-la.

De acordo com a garota, no dia 23 de novembro por volta das 16h:00, o acusado foi até a casa dela e a levou para a residência dele.

Depois de um bom tempo na casa do rapaz, o jovem disse a ele que queria ir embora, e o pediu para levá-la para a casa,

O homem se recusou, e começou a trata-la com agressividade quando ela tentou sair da residência, assustada ela começou a enviar mensagens para mãe, tentando explicar o que estava acontecendo,

mas o acusado tomando o celular da vítima, e escondendo. A mãe da jovem preocupada, acionou a polícia.

Logo após ser impedida de sair da casa, a jovem foi levada até um quarto, onde teve toda a roupa arrancada e escondida.

A partir de então, iniciou se uma seção de estupros e espancamentos,

que só teve fim no dia 24 por volta das 10h:00, quando a polícia após buscar a última localização do aparelho celular da jovem, conseguiu chegar até o cárcere.

Ao perceber a chegada da polícia, o homem acabou conseguindo fugir, a jovem foi libertada traumatizada e com vários hematomas pelo corpo.

Dentro da casa do criminoso a polícia conseguiu encontra uma grande quantidade de substancia analógica a maconha.

Na delegacia, ao pesquisar a ficha criminal do homem, foi constatado que o mesmo já tinha várias passagens pela polícia por tráfico de drogas.



veja outras noticias